Glee 2×06: "Never Been Kissed" [Review]

11 de nov de 2010


1ª Exibição EUA: 09/11/2010

Sam e finn conversam sobre suas respectivas namoradas e como elas não deixam que eles passem do limite, Finn dá a ideia para Sam pensar em algo ruim para  se distrair, este por sua vez vê a treinadora Bestie e decide que ela vai ser o objeto que vai tirar seu tesão.
É engraçado como a série consegue abordar temas polêmicos de jeito irreverente. Contudo, este episódio foi fraco, novamente temos uma competição que só serviu para acrescentar mais uns hits na lista da série. Nunca vi uma competição sem ganhador!

Will descobre e obriga os caras a pararem com isso e conta a treinadora, que se demite. Ela é uma mulher por dentro se sente humilhada por isso. Os caras conseguem fazê-la mudar de ideia de ir embora quando cantam a música (de encerramento do episódio) Stop in the name of love / free your mind. Essa música ficou linda, igualmente ficou a canção das meninas.




A outra história é centrada em Kurt que vem sofrendo bullying por ser gay. Vemos então como isso começa a afetá-lo, ele anda revoltado e nervoso. Quando Will percebe o que esta acontecendo pergunta se pode fazer algo para ajudar e kurt diz que não. A tarefa dessa semana é “boys vs girls” e Kurt crítica por não se sentir desafiado, assim Will diz que as garotas devem cantar músicas originalmente cantadas por homens e vise-e-versa.

Kurt fica empolgado, mas os meninos zoam. Assim ele vai checar a equipe concorrente, os warbers e acaba conhecendo Blaine. Devo dizer que me apaixonei por esse personagem, ele é tudo que eu queria para o Kurt: bonito, inteligente e corajoso, alguém como o pai dele mesmo disse “digno de seu amor”. Os Warbers são um grupo de meninos de um internato, eles cantam “Teenage Dream”, devo dizer que gostei mais da versão deles, do que da Katy Perry.

Kurt conversa com Blaine e diz que é difícil ser o único gay assumido na escola, Blaine diz que ele precisa ter coragem e enfrentar quem for. Kurt enfrenta o valentão e acaba descobrindo que na verdade, ele o esta perseguindo por ser gay também, ele até beija Kurt. Fato: estudos comprovam que os caras que dizem não gostarem de gays sentem atração por homens!



Em outro enredo temos Puck que esta de volta, ele começa e ser legal com Artie pois, ele mentiu para sua agente de condicional dizendo que ajudava deficientes. Adorei essa parceria, ainda mais por que serviu para eles cantarem “One Love” juntos. Puck até consegue fazer Artie sair com Britanny de novo. A agente de condicional descobre e diz a Puck que se ele não encontrar um serviço comunitário de verdade, vai voltar ao reformatório e assim ele vai catar lixo na estrada.

A participação da Sue foi pouca e sinceramente inútil, comemorar por que a Bestie saiu não foi lá tão legal. Um desperdício de uma personagem tão boa.

Músicas cantadas neste episódio:

One Love/People Get Ready ( Puck e Artie )
Teenage Dream ( Dalton Academy Warbers )
Start Me Up Living On A Prayer ( New Directions' Girls )
Stop! In The Name of Love/Free Your Mind (New Directions' Boys )





Leia Também:





Glee 2x07: "The Substitute" [Review] 
Glee 2x08 "Furt" [Review]
Glee: 2x03 " Grilled Cheesus " [Review] 
Glee 2x04 "Duets" [Review] 
Glee: 2x05 "The Rocky Horror Glee Show" [Review]

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB