Psych: 5x10 "Extradition II: The Actual Extradition Part" [Review]

12 de nov de 2010

A nossa longa espera acabou. Psych voltou com força total... melhor episódio impossível. Voltamos a ver o famoso ladrão de arte Desperaux (Cary Elwes).

Ele esta prestes de ser extraditado aos States e chama Shawn e Gus.. na verdade paga por toda a viagem para que a dupla vá de volta ao Canada para visita-lo. Lá ele diz a Shawn que ficou tocado ao pensar que Shawn realmente queria que ele fosse o melhor ladrão da face da terra. Disse também que ele é capaz de fazer tudo aquilo que diziam que ele podia. E que ele vai provar.

A dupla vai embora, e para sua surpresa Desperaux esta no carro. Na verdade ele precisava de um carro para escapar, pois tinha um buraco na sala de visitas. Gus diz que vai retonar à prisão e Desperaux o ameaça com uma faca, feita enquanto estava preso.

Mas como Desperaux é um cavalheiro ele diz a Gus que o cortaria de um jeito que ele não sangraria muito e que a recuperação levaria apenas semanas. Desperaux então leva o carro da dupla. Eles por sua vez vão a pé de volta á cidade, na delegacia falam com Mackintosh (Peter Oldring). Ele revela que todos estão trabalhando no caso do detetive Breitling, morto em sua cabana de pesca, também não acredita que Desperaux tenha fugido, mas acontece um roubo de arte na casa do promotor de justiça, infelizmente o promotor acaba sendo morto durante o roubo. 



Qual não é a surpresa quando eles vão até à delegacia e encontram Desperaux lá! Shawn o confronta dizendo não acreditar que ele tenha matado alguém. Ele diz que não matou ninguém e que armaram para cima dele. Shawn não acredita, mas depois acaba se convencendo.

Desperaux escapa novamente dentro do carro da dupla, e a policia vai atrás dele. Aí é descoberto que a viagem foi paga pelo criminoso e que Shawn deu um presente de aniversário à ele, por que ele lhe comprou um par de jeans no natal passado!

Shawn e Gus encontram o criminoso no quarto de hotel deles. Ele não estava sozinho, há uma mulher com ele. Ele a conheceu na cadeia. Depois descobrimos que ela é mulher de um criminoso poderoso chamado Frank e que foi ele quem armou para cima de Desperaux.

Mas quando vão prendê-lo, só encontram seu corpo. Na verdade o chefe do crime era a mulher dele, que decidiu usar Desperaux como bode expiatório. O detetive Breitling havia descoberto quem era a verdadeira chefe do crime, e ela o matou e o detetive mandou as provas ao promotor e assim ela o matou também. No final Desperaux é extraditado.


Com toda essa história de roubo e morte, ficamos sem ver o que mais importava: Jules & Shawn! Ele diz que precisa muito falar com ela, só que ela escolheu o pior momento, justo quando Desperaux estava no quarto com ele e Gus. Ele a dispenda, e diz para eles conversarem em outro momento. Mas ela diz para esquecer.

Após o final do caso Shawn vai até o píer onde eles foram da última vez e ela diz que o momento entre eles já passou... Já comecei a gritar de raiva nessa hora. Ela pede para que ele a deixe sozinha, graças a deus que ele não vai embora. E toda aquela história de querer comprar um carro desde que a conheceu! Eu também teria amado de ouvir aquilo!

E com certeza nunca que passaria pela minha cabeça que aconteceria o que aconteceu a seguir. Eles começaram a dar uns amassos feito adolescentes! No píer e todo mundo começou a olhar, depois em uma loja de souvenir e depois em um carro! Este final foi realmente engraçado 

Onde estava o abacaxi deste episódio?


O abacaxi era um objeto na mesa do quarto de hotel.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB