The Walking Dead: 1x06 "TS-19" [Review] (Season Finale)

7 de dez de 2010


1ª Exibição Original: 05/12/2010
1ª Exibição Brasil: 07/12/2010

A série encerrou sua excelente, porém curta, primeira temporada com uma grande explosão! Estar em um lugar seguro, com comida e água quente parecia ser algo que o grupo de Rick havia encontrado (por sorte), mas isso não passou de um sonho! Eles aproveitaram muito pouco o lugar e tiveram que sair as pressas para não irem pelos ares com o prédio.

O Dr. Jenner acolheu muito bem os seus novos hóspedes, que tiveram a chance de curtir uma bebedeira, um banho quente e uma boa noite de sono. O problema é que logo no dia seguinte o Jenner acabou com a "festa" ao revelar que sabia muito pouco sobre o que estava acontecendo e que a epidemia tinha atingido o mundo todo, ou seja, não há garantia de um lugar no qual as pessoas possam viver em segurança. Jenner ainda mostrou uma apresentação sobre o processo de transformação de uma pessoa (sua mulher) em zumbi através das ondas cerebrais. Tudo muito bonito, mas nem precisava dessa coisa tão didática, né?


Eu sempre pensei que Shane tivesse se aproveitado da situação dizendom que Rick havia morrido, mas o episódio fez questão de tentar limpar a imagem do cara ao mostrar que foi graças a ele que o Rick não virou comida de zumbi no hospital, e que ele realmente havia pensado que o melhor amigo havia morrido quando as máquinas desligaram. Ainda acho que a Lori teve pouco tempo de luto até deixar-se envolver com o amigo do seu "falecido" marido. Pelo menos ela tá cortando todas as novas investidas do Shane, que ganhou umas belas marcas de unha no pescoço ao tentar dar “uns amassos” nela.


Como essa visita ao CCD não faz parte da HQ, tudo poderia acontecer. O clima esquentou quando o Jenner resolveu trancar todo mundo e esperar pela auto-destruição do lugar (programado para descontaminar via explosão). O grupo ficou aflito, desesperado, querendo uma saída, enquanto o Jenner tranquilamente falava que era melhor morrer assim do que infectado. E graças às insistentes ameaças que sofreu (a maioria por parte do Shane) e os discursos do Rick sobre a necessidade de ter esperança, o Jenner abriu as portas faltando pouco tempo para tudo ir pelos ares.

Nem todos quiseram partir... A Jacqui achou melhor ficar para morrer de forma mais "simples", e a Andrea, que andava deprimida pela morte da irmã, só não ficou também porque o velho Dale usou de chantagem psicológica para convencê-la a não se entregar. E por falar na moça, ela ficou zonza após Jenner ter lhe tirado um pouco de sangue .. até aí tudo bem, ela não comia há dias, porém depois que ela vomitou no banheiro que eu percebi: ela deve estar grávida e talvez seja isso que Jenner disse a Rick antes que o grupo pudesse fugir do centro. No fim, o grupo seguiu com menos um integrante em sua caravana para lugar incerto e não sabido.


Foi um interessante esta primeira temporada. A série se mantém fiel a sua proposta, que é de focar nas pessoas e em seus conflitos, sem deixar, é claro, de mostrar uns "walkers" tendo seus miolos e tripas destroçados. Eles podem se desviar da história por um ou dois episódios, mas sempre vão se mantém na história original. O final me deixou com um gostinho de quero mais (nem parecia um “finale”, pra dizer a verdade), mas todos nós teremos que esperar alguns meses, possivelmente até outubro de 2011, para vermos o que aconteceu com os personagens e o que eles farão a seguir.

Até a próxima!

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB