Royal Pains 1x01 Pilot [Review]

15 de abr de 2010



1ª Exibição EUA: 04/06/2009
1ª Exibição Brasil: 21/02/2010

Resumo:

Quando um dos administradores do hospital morre, todos culpam Dr. Hank Lawson. Ele é um brilhante cirurgião que decidiu salvar a vida de um paciente que estava quase morrendo ao invés de terminar um procedimento simples em um cara poderoso e rico. Infelizmente esse ricaço morre e assim além de ser demitido a família do falecido fez com que ninguém o contrate. Levado a festa nos Hamptons por seu irmão, ele se depara com uma nova carreira na alta sociedade.


Spoiler:

Então decidi criar coragem e assistir Royal Pains. E como eu sempre digo um bom episódio piloto te mostra se a série vai ser boa ou não. Não canso de dizer que Monk e Pysch foram assim.

O começo do episódio onde ele pega as duas mochilas para paralisar o pescoço do jogador e depois pega uma tabua para levá-lo até uma picape para levá-lo ao hospital foi muito legal. Infelizmente nem tudo é perfeito, ele é chamado para ajudar um ricaço administrador do hospital em um procedimento, mas por estar estável ele o deixa e vai ajudar o jogador que estava em piores condições, e nessa o velho morre. Assim por sua família ser poderosa ele fazem com que ele seja demitido e ainda seu nome fica manchado, assim nenhum hospital quer contratá-lo.

Hank até então tinha uma vida perfeita: um bom emprego, uma casa bonita cheia de coisas caras e um noiva apaixonada por ele. Depois disso tudo até a noiva ele perde. Bom é assim que você sabe se as pessoas que estão perto de você realmente gostam de você.

A USA Network já tem de tudo: um “vidente” (Pysch), um bandido de colarinho branco regenerado (White Collar), um espião (Burn Notice) e em breve uma espiã (Covert Affairs).

Voltando ao piloto, seu irmão Evan decide viajar e levá-lo a um fim de semana de festas na região dos Hamptons. No meio da festa ele salva a vida de uma mulher que passou mal e assim o dono da festa o chama para ficar como hospede em sua casa e trabalhar com ele como médico concierge. Ele recusa a oferta, mas Boris (Campbell Scott) diz que não recebe não como resposta e ainda lhe envia uma barra de ouro.

Como as noticias correm rápido no Hamptons os ricaços já sabem sobre ele e assim ele recebe um telefonema para ajudar dois adolescentes que bateram o carro. Ao voltar ao hotel há duas mulheres esperando por ele: a primeira foi quem ele salvou na festa e a segunda veio lhe pedir emprego.

Adorei a personagem Divya, falando rápido toda animada querendo trabalhar como assistente de Hank. Ele recebe outra ligação, uma ricaça (interpretada por Christine Ebersole ) que colocou silicone, mas um dos silicones muchou e ela ficou parecendo uma aberração. Ela vai até o hospital onde ela esta que diz que ele tem que esperar na fila. Là Hank reencontra uma mulher bonita que ele conheceu na festa, que também é medica. Ela diz que é muito bom o trabalho que ele esta fazendo (tirando os riquinhos com problemas triviais do hospital) e assim ele decide ajudar a ricaça.

Depois disso ele aceita trabalhar para e Boris e ir morar na mansão com seu irmão...

Para um primeiro episódio foi muito bom !!! E Campbell Scott estava de mais nesse episódio, ele continua tão fofo.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB