White Collar 1x13 "Front Man [Review]

18 de abr de 2010


1ª Exibição Original: 02/03/2010
1ª Exibição Brasil: 28/10/2010

Este episódio foi absolutamente excelente, já que tudo nesse episódio vai refletir no próximo episódio (season finale).

Como Neal é cheio de "amigos", um desses camaradas resolve aparecer para infernizar a vida de Neal. Ryan Wilkes (Charles Malik Whitfield), é um perigoso criminoso capaz de fazer qualquer coisa para conseguir o que ele quer.

Tudo começa quando  Kimberly Rice (Diane Neal) vai até a sede do FBI para pedir a ajuda de Neal para descobrir onde esta a filha do Sr. Gless, Lindsey, que foi raptada por Wilkes. Gless é um empresário e foi uma das vítimas passadas para trás por Neal, este por sua vez decide ajudá-la. Peter fica fora do caso, mas ele acha tudo muito estranho.


Ela descide mandar Neal a uma boate que Wilkes costuma frequentar, e corta sua "coleira". Peter conversando com o Sr. Gless, descobre que após o sequestro, Wilkes pediu para ter um encontro com Neal. Peter liga correndo para Neal, pois, é tudo uma armação, Rice sabia e o mandou. Ele é o resgate. Porém, é tarde demais, e ele é pego.

Wilkes disse que precisava que ele fizesse duas coisas por ele e que após isso deixaria a menina e ele livres. A primeira coisa que ele tinha que fazer era roubar o itinerário de um homem. Depois disso ele deveria roubar a maleta desse homem no aeroporto. Neal chama Mozzie para ajudá-lo. Este por sua vez quase surta ao descobrir que o homem da maleta é nada mais nada menos que Riley, um lider do crime que gosta de fazer as coisas ele mesmo. 

Eles então bolam um plano bem interessante, se passam por federais atrás dele, depois de achar o contrabando com  Riley, Mozzie começa a dizer que poderia comprar algo para sua mulher com isso, porque ela vai se separa dele. Vendo esta brecha,  Riley, diz que talvez ele não trouxe maleta nenhuma e eles nã acharam nada. Assim Neal diz para Mozzie ligar para o chefe e dizer que o suspeito estava limpo. Assim ele vai embora feliz e tudo acaba bem desse lado.


 Peter depois de descobrir o que Rice fez, discute com ela e o chefe a tira da direção e colocam Peter, ainda bem. Eles recebem uma fita de Lindsey, e atrás disso tentam descobrir o local de onde foi gravado. Jones ficou seguindo Neal, e este por sua vez não entregou o contrabando a Wilkes, mas ele jogou a maleta longe e achou, ele ia atirar em Neal, mas Jones apareceu com outros agentes. Ufá!

Peter consegue achar a menina antes que ela fosse  morta a mando de Wilkes. E no final Rice pede desculpas e tudo acaba bem. Sem o rastreador, Neal dá no pé e vai falar com Alex, ela diz que eles podem roubar a caixinha sozinhos, mas que ele não pode estar com esse negócio na perna. Depois Neal vai ao FBI como se nada tivesse acontecido e diz que esqueceu que estava sem o rastreador, é claro que Peter sabe que é mentira... 

Como eu disse esse episódio foi muito divertido. Uma coisa que eu não gosta é da Alex dizendo que não vai ajudá-lo, pra que fizar mandando recado e aparecendo em sua casa para dizer que não vai dizer onde esta a caixa de música.. e depois aparece e diz que aceita ajudá-lo a roubar a caixa?! Personagem confuso. Saudade da El.. a atriz não apareceu devido a sua gravidez na vida real.. espero que criem mais histórias para ela, taí um bom personagem que vem sendo pouco aproveitado.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB