Graceland 1x01''Piloto'' [Review]

10 de jun de 2013




Data de exibição original: 06/06/2013

Após tanta espera, finalmente estrou Graceland, a nova aposta do canal USA Network. Demorei para assistir por medo, uma coisa é você assistir a um piloto com atores pouco ou totalmente desconhecidos, a outra bem diferente é ter um elenco recheado como esse!

Sou fã de Aaron desde seu tempo na broadway, no musical Next to normal, sendo assim, se a série não fosse legal, eu ficaria muito chateada! Spoilers logo abaixo.


Confesso que esse piloto teve seus altos e baixos, mas vou esperar o segundo episódio para ter uma visão melhor sobre qual o rumo que a série seguirá. Pois bem, Graceland conta a história de um tipo novato, recém saído da academia, melhor da sua classe, que é escolhida para substituir um agente infiltrado.

Achei o conceito de ter uma casa com os melhores agentes de vários departamentos muito legal, sem falar algo novo. Mike Warren(Aaron Tveit) fica super empolgado ao saber que trabalhará com um lenda, Paul Briggs (Daniel Sunjata), porém essa lenda não é nada como ele imaginava. Eu amei Daniel nesse papel, e acho que essa dupla ainda vai nos fazer rir e muito.


O mais legal da casa até o momento acredito que seja Johnny, sem falar que ele serve como mil e uma utilidades, a Lauren interpretou um papel difícil e fez muito bem, se eu tivesse um parceiro/companheiro e ele seu disfarce fosse descoberto, quase morresse e quase que no dia seguinte mandassem outro agente, eu também descontaria minhas frustrações no novato!

A Charlie (Vanessa Ferlito), foi a que foi mais legal com Mike, e será que eu senti um climinha entre eles, tomará que não, acho muito cedo para a série cambiar para esse lado; só espero que ela fique mesmo na série, pois, essa atriz é muito volátil e cansa fácil das séries em que trabalha.

Jakes também foi outro bipolar na casa, só faltou bater no garoto por causa do suco, mas convenhamos que foi culpa do Johnny e ninguém falou nada.


Gostei muito de Donny, Clayne Crawford é um excelente ator, uma pena que ele tenha sido justamente o agente que Mike substituiu!

O caso do episódio não me chamou tanto a atenção e achei um tanto longo também. Mike se passou por drogado e assassino para se infiltrar na máfia russa, com objetivo de resgatar a família que um cara que trabalhava para a máfia até ser preso, como eles tinham medo que o cara abrisse a boca, pegaram sua família como garantia.

O que deixou esse piloto mais atraente, no entanto, foi a revelação que Mike esta lá na verdade para investigar Briggs e, aparentemente este por sua vez também mantém um segredo, algo que o fez deixar de ser tão ''rigido'' e ficar mais zen!

E você gostou do episódio?

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB