Glee 3x07 - "I Kissed a Girl" [Review]

1 de dez de 2011


1ª Exibição Original: 29/11/2011 
1ª Exibição Brasil: 18/1/2012

Esse deu continuidade ao episódio passado. E assim no anterior foi um ótimo episódio não só pelas histórias como também pelas canções . 
O tapa que Santana deu em Finn teve repercussões: ela quase levou uma suspeição e quase que não fica fora das seletivas. Contudo, Finn diz que o tapa não ocorreu só pareceu assim só para que a moça não seja afastada. Em troca ele faz com que as Troubletones se junte ao New Directions para a lição da semana.

Ao todo tivemos quatro histórias paralelas, mas na verdade, o foco maior foi em Santana. Até a motivação do Glee em cantar só músicas feitas por mulheres para mulheres. Tudo para que Santana pudesse criar coragem de se assumir sem vergonha. Até porque, por conta da campanha eleitoral, logo todos vão saber mesmo. 

 No início ela não aceita e continua destilando seu veneno. E apesar de tudo Finn não desiste por ser dizer com ela. Nunca tinha percebido que Finn tinha todo esse "carinho" por ela. Claro, tirando o lance dele ter perdido a virgindade com ela. Santana só se abre quando Finn canta "Girls Just Wanna Have Fun". Não só essa mais como a maioria das canções serviram muito bem ao episodio. Digo quase todas porque apesar de "Perfect" ter uma letra legal, não achei que tenha ficado legal na voz de Kurt. Nem parecia a mesma canção. 
Imagem: http://coolt.blog.br
Santanna se assume aos seus pais e eles a apoiam, o que foi muito bom. Porém sua avó não faz o mesmo e diz que não quer vê-la nunca mais. Achei certo colocarem isso assim, pois é muito fácil falar que "tem de aceitar" e "isso é super normal" quando ainda há pessoas que simplesmente não admitem isso. É a realidade e ponto. Depois disso ela ainda consegue canalizar tudo em uma maravilhosa apresentação com a música "I Kissed a Girl".

No meio desse "drama" da Santana, tem a eleição do grêmio estudantil e, apesar das ideias estúpidas, Brittany é quem esta liderando e Kurt fica com tanto medo de perder que chega a cogitar trapaçear, mas Rachel não acha certo. Porém, ela pensa melhor e é ela quem trapaceia por ele e bota mais votos que alunos. É lógico que descobrem e o diretor pensa que foi Kurt e ele poderia ser suspenso, porém ela confessa e como punição não somente esse delito ficará em seu histórico como ela também esta fora das seletivas ! Eu sempre adorei a Rachel, mas convenhamos que mesmo sem ela o Glee consegue sobreviver muito bem né.

As eleição eleitoral também rola. E para tentar vencer o concorrente,  - homofóbico -  Salazar, Sue resolve arrumar um namorado e depois de considerar várias possibilidades (David Boreanaz! Morri de rir) ela escolhe Cooter, o suposto namorado de Beiste. E aí temos uma ótima apresentação da treinadora com a canção "Jolene". Aparentemente toda vez que Cooter tentava se aproximar de Bestie ela o socava - em reflexo - eles passavam as noites é vendo ela comer muito frango ou fazendo exercícios pesados. E quando Sue o chamou ele não pensou duas vezes. 

Sue perde a eleição o que foi ótimo e quem venceu foi Burt! Apesar disso Sue não pensa em desistir de Cooter, então Bestie abre seu coração a ele, mas o otário fica indeciso, e ela diz que não vai desistir tão fácil. Então esta nascendo um triângulo.. um que eu não tinha imaginado e que na minha opinião não é lá tão legal, mas se isso vai fazer que Sue tenha uma historia diferente da que ele tem há 3 temporadas (acabar com Glee!) que seja!

Outro plot do episódio foi entre Puck-Shelby-Quinn. Adorei ver o Puck sendo um homem de verdade e até mesmo um pai. E a música que ele cantou sempre olhando para Shelby ficou sensacional. E a professora se sentindo perdida quando Beth se machuca ‘’fica’’ com ele e na manha seguinte o manda embora. Quinn quer ficar com Puck e ele a rejeita, mas após ter sido rejeitado pela professora decide ir à casa da loira eles acabam só conversando e dormindo abraçadinhos. Porém ele conta a ela sobre o que rolou entre ele e Shelby, agora basta saber o que ela fará com essa informação. 

 Ps: A participação de Will esta quase inexistente nesta temporada! Cadê as historias e principalmente as canções envolvendo ele?? 

Ps 2 : Será que só foi eu que achei que faltou Tatu com “All the thing she said”? Ainda sim o episódio foi maravilhoso, como os episódios da época de ouro de Glee! Até o próximo post com a volta de Sam !!! 

Músicas do episódio: 

"Fuck'g Perfect" (Pink) - Kurt (Chris Colfer) e Blaine (Darren Criss) 
"I'm the Only One" (Melissa Etheridge) - Puck (Mark Salling) 
"Girls Just Wanna Have Fun" - Finn (Cory Monteith) 
"Jolene" (Dolly Parton) - Beiste (Dot Marie Jones) 
"I Kissed a Girl" (Katy Perry) - Santana (Naya Rivera), Rachel (Lea Michele), New Directions Girl's e The Troubletones 
"Constant Craving" (K.D. Lang) - Santana (Naya Rivera), Shelby (Idina Menzel) e Kurt (Chris Colfer)

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB