Psych: 6x02 "Last Night Gus" [Review]

20 de out de 2011


1º Exibição Original: 19/10/2011

Após uma looonga semana, ontem, quarta-feira foi transmitido um dos episódios que eu mais queria assistir: "Last Night Gus". Não somente por causa de Lassie, mas também porque neste episódio temos uma participação ativa de Woody (Kurt Fuller)! Fora o fato de que ontem também meu aniversário...

Tudo começa normal, uma festa de despedida para o policial Jim (Allan Thain) que esta se aposentando. Shawn como sempre tem que dar das suas e fazer um discurso todo errado e sendo corrigido por Gus.

E no melhor estilo "Hangover", na cena seguinte vemos Shawn acordar na agência Psych com Gus... e Woody e Lassie. Woody consegue ter uma química muito grande com todos, principalmente com Lassie. Em todos os momentos que os dois estavam juntos eu ria muito alto.

Pois bem, Lassie encontra sua arma no aquário de Shawn e diz que faltam três balas e que a arma foi usada! O melhor de tudo é quando eles precisam ir para a delegacia porque a chefe Vick precisa deles e o carro de Gus esta estraçalhado. Logo o blueberry que Gus sempre cuidou com tanto carinho.

No necrotério os quatro companheiros descobrem que o cara com quem eles se divertiram na noite anterior - vista no vídeo do celular de Shawn - foi morto com três tiros. A cara de todos ao pensarem que foi Lassiter.. adorável.

Jules tem que testemunhar em um caso e por milagre Lassie aceita trabalhar com Shawn e Gus. O que mais chamou a atenção é que ele chamou a dupla por seus respectivos primeiros nomes! Não consigo me lembra qual foi a última vez que ele fez isso!

Durante todo o episódio vamos descobrindo as besteiras que cada um fez. As mais engraçadas ficaram por conta de Lassie e Woody. Enquanto Lassie matou Bobo e jogou um colchão na piscina de um hotel, Woody lambeu a corbertura das rosquinhas e Shawn provou o sapato de todos! Ainda descobrimos que Henry estava junto nisso e que acordou no mesmo hotel onde a mulher de Williams estava hospedada.

Se Lassiter esta em uma melhor forma neste episódio, Gus conseguiu rapidamente roubar a cena! Aparentemente na noite anterior, Gus arrasou corações! Ele conseguiu ficar com a garota bonita do bar, Lilly (Jessica Lucas). Ela fica ligando e mandando mensagem pra ele o episódio todo. No fundo eu sabia que ela deveria ser do mal já que parecia estar desesperada, além de ser muito bonita.

A resolução do caso foi bem legal também. Em nenhum momento a história caiu na mesmisse. Tenho que tirar meu chapeu para Andy Berman por ter escrito e dirigido este episódio. A segunda vítima, Scott Williams (David Scheelar) desconfiava que sua mulher estivesse tendo um caso e contratou um detetive particular (a primeira vítima) para investigar. No bar o detetive pediu a ajuda dos nossos personagens favoritos e eles aceitaram.

Porém, Lily colocou uma droga na bebida deles para tentar roubar o telefone do detetive que continha as fotos de todos os homens com quem a mulher de Williams teve contato. Quando não conseguiu o que queria, Lily chamou seu pai: Leroy Jenkins, um homem procurado há anos por vários crimes e também o cara com quem a mulher tinha de fato um caso.

Como o detetive e Williams haviam visto as fotos, foram mortos. Jenkins não contava que com toda a confusão, Gus e o detetive trocariam de celular e assim Lily volta a ação seduzindo Gus. Quando os dois foram para o apartamento de Gus - que by the way é tão bonito quanto eu imaginava! - ela o droga novamente para conseguir descobrir onde esta o celular e Jenkins aparece também. Ele não consegue parar de rir e repetir tudo que Jenkins diz e nem chega a falar o celular.

Lassiter e Jules aparecem e um tiroteio começa. E nem mesmo nesse momento Gus para de rir. Shawn até grita para que ele se abaixe. Ele só volta a ter um pouco mais de consciência quando atiram em sua tevê. Aí ele pega uma tigela e a joga no bandido! Durante todo o tempo eu fiquei imaginando como seria se ele começasse a sapatear durante o tiroteio.

E para encerrar esse maravilhoso episódio Shawn e Jules ainda têm de lidar com o enorme elefante branco entre eles! Shawn convidou Jules para morar com ele, só que isso aconteceu enquanto ele estava drogado. Mesmo apesar de tudo que eles fizeram, essa foi a única coisa que o fez surtar! Ainda bem que Jules percebeu que morar junto com Shawn seria um erro. E que eles devem esperar mais um pouco. Deu pra ver o quanto ele ficou aliviado. Eu concordo, eu quero que o Shawn cresça e decida por conta própria morar com Jules.. sem a ajuda de nenhum remédio.

Este episódio se tornou um dos meus favoritos, digo "um dos" porque há tantos! Todavia, o que eu mais gosto é e sempre será "Speeling Bee"! Foi nesse episódio que eu me apaixonei pela série e decidi que nunca a deixaria, só se morresse!

Algumas coisas que não posso deixar de comentar:

*Morri de rir quando Jules pediu para que Lassie tirasse os óculos pretos no necrotério e ele responde dizendo que ela deveria colocar os óculos também !
*A única vez que pudemos ver como era ou apartamento de Gus antes desse episódio havia sido episódio piloto!
*A chefe Vick perdendo a concentração e perguntando à Henry "onde estão suas calças"!
*Ed. lover c´mon son! ... dispensa comentários :)
*É ou não é para nos fazer piorar aquela cena dos 4 entrando no bar em câmera lenta? Meus olhos não viam nada além do Tim !
Melhores frases:

Lassiter: Acho que vou me entregar.
Shawn. Por que? Por dormir juntinho com Woody?

Lassiter: Encontraram outro corpo.
Woody: Eu acabei de receber a confirmação da minha conta no twitter!



Você achou o abacaxi?
 

Dessa vez estava fácil.. estava nos copos usados por Lily e Gus no apartamento dele.

O próximo episódio vai ser  "This Episode Sucks" e infelizmente não sei quando vou conseguir assistir. Embarco no mesmo dia (26/10) para Londres a trabalho em um navio por 6 meses. Até a próxima Psych-os !

1 comentários:

Nayron Klecyo disse...

A parte em que O carro do lassiter e encontrado e o Henry acordando foram hilárias. Foi o episodio mais engraçado que ja vi.

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB