Suits: 1x10 "The Shelf Life" [Review]

27 de ago de 2011


1ª Exibição Original: 25/08/2011

Que episódio perfeito com Andrea Parker! Voltei ao passado neste episódio lembrando de sua perfeita interpretação de Miss Parker em "The Pretender". Apesar de sua participação no episódio não ter sido tão grande quanto eu esperava, ainda sim valeu a pena assistir.

Shelf Life trouxe uma ótima história e também a volta de Jenny (Vanessa Ray)! Eu realmente gosto dessa personagem, mais do que Rachel (Meghan Markle) e sinceramente não queria que ele terminasse com a fofa da Jenny pra ficar com a briguenta da Rachel. Contudo, com apenas mais dois episódios faltando para o final dessa temporada, pode ser que aja uma reviravolta e talvez isso acabe acontecendo, ainda mais depois de Louis (Rick Hoffman) ter praticamente dito para Jenny ficar de olho em seu homem.

E por falar em Louis, foi dele as cenas mais engraçadas deste episódio. Quando ele diz a Harvey que vai fisgar a bonitona da festa e quando todos do escritório assistem ao vídeo em que ele apanha da sua acompanhante foi impagável. E é por este motivo que ele conta a Jenny sobre Rachel e Mike, pois, todos do escritório estavam assistindo ao vídeo no computador de Mike, fazendo com que Louis achasse que foi Mike o responsável.

Bom agora a parte mais imporante do episódio foi a participação de Andrea Parker como Tori a dona da empresa de contabilidade da Pearson & Hardman, que também é cliente da firma e amiga de Jessica (Gina Torres). Tori descobre que um de seus melhores funcionários, Stan Jacobson (John Billingsley), é uma farsa. Ele mentiu ter feito faculdade (isso lembra quem?) e por isso Harvey prepara um documento de demissão pagando pelo silêncio de Stan para que ninguém saiba.

Por causa disso Mike fica todo sentido, isso o faz pensar que vai acontecer a mesma coisa com ele quando descobrirem. Ele acaba revelando uma informação a Stan, sobre eles terem descoberto isso há 5 anos, o que é estranho, porque esperar tudo isso para mandá-lo embora? Então Stan diz que estão se livrando dele por causa de uma empresa que ele questiou a Tori. O erro de Mike não passa despercebido, Jessica questiona Harvey até quando ele vai deixar Mike cometer os erros que vem comentendo, então, Harvey briga com Mike dizendo que ele sempre se apega aos cliente e que se ele quer ser um bom advogado deve conseguir fatos e provas.

Assim, Mike inicia uma investigação com a ajuda de Jenny. Juntos eles vão a um evento para ex-alunos de Harvard. Além de Jenny ser tão fofa com Mike ela ainda faz com que eles entrem no evento e ainda rouba o cartão de um dos funcionários para ter acesso ao prédio da empresa de Tori. Detalhe: quem não concorda que Jenny com sotaque ficou ainda mais encontadora? Continuando... Lá no prédio, Mike é pego pelo segurança Joe (Patrick Gallagher) e Harvey vai tirá-lo e ainda "não" paga um suborno.
Mesmo depois de todo sermão Harvey também começa uma investigação, após ver que a empresa que Stan comentou, Aberdeen Solutions, parece suspeita e que ninguém sabe que empresa é essa, mas que a Pearson & Hardman paga todo mês por seus serviços. Harvey faz isso a "não" pedido de Jessica. Ele descobre que Tori esta desviando dinheiro da empresa através de empresas de fachada. Adorei Jessica falando como uma amiga traída a Tori, podiamos sentir a emoção em seu olhar, foi um tanto intimidador.

Não posso deixar de comentar o quanto esse caso mexeu emocionalmente com Mike, já que o caso dele é igual a de Stan. O que será que ele pensou que aconteceria quando descobrissem ? Só depois de ver o que aconteceu com Stan foi que ele percebeu? Porém ele esta se esquecendo que Harvey é cúmplice, o que quer dizer que se ele cair, Harvey cai também. Todavia, Mike tem algo que Stan não teve: Harvey. O jeito que ele defendeu Mike para Jessica, mostrando que realmente se importa foi muito bonito e eu acha que a Jessica percebeu o quanto Harvey acredita nele, e o conhecendo como ela conhece, isso significa muito.
Agora uma reflexão interessante foi quando Mike perguntou porque Harvey o ajudou, se ele sempre faz tudo para beneficion próprio. É claro que Harvey nunca admitiria, mas na minha opinião Harvey era ingênuo e "puro" como Mike, mas algo aconteceu o fazendo ficar daquela forma e quando ele vê Mike ele lembra de como era e de certa forma tenta ensiná-lo para que ele não acabe sofrendo e perdendo essa qualidade que ele tem.

A respeito de Rachel foi um coisa típica: toda mulher (e homem) quer o que não pode ter. Quando Mike ficou babando e até a convidou para sair ela fez doce e disse que não. Mas depois que ela viu que havia perdido terra para Jenny, e que o relacionamento deles estava indo muito bem, isso fez com que ela ficasse com dor de cotovelo e beijasse Mike. Eu definitivamente não quero que Mike fique com Rachel. Eu sei que seria legal vê-los juntos por um tempo, a verdade é que eles provavelmente vão brigar mais do que ficar em harmonia. E Mike não teve coragem para contar seu segredo a ela, mas contou muito facilmente a Jenny. Será que isso não significa nada?

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB