Suits: 1x09 "Undefeated" [Review]

26 de ago de 2011


1ª Exibição Original: 18/08/2011


Neste episódio vemos Harvey disputando contra ele mesmo, ou melhor, alguém tão bom quanto ele.

O episódio focou mais no caso da semana, deixando o aprofundamento dos personagens de lado. Jessica estava responsável por um caso contra uma empresa de petróleo, acusada de ser responsável por causar câncer em cerca de 200 pessoas que estudaram em uma escola contruida em cima de um poço petrolífero. 

Confesso que foi emocionate ver Travis Tanner (Eric Close) entrando e enganando todo mundo e ainda desafiando Harvey (Gabriel Macht) pra batalha. Até pensei que esse série o melhor caso até agora. uma pena que não foi. Tenho que dizer o quanto Eric Close me surpreendeu, tão diferente de seu personagem de "Without a trace". Tanner age de forma sorrateira, cobrindo suas marcas e acabando com grandes casos como este. 


Tanner pensa exatamente como Harvey e também estava sempre um passo a frente. Ele ameaça expor a vida de todos os envolvidos no processo. Harvey tenta de tudo, mas esta sempre atrás. Amei aquela "agente" Vanessa (Julie Ann Emery) que lhe passa todas as informações sobre Tanner e inclusive uma fita com a conversa entre Tanner e a empresa petrolífera sobre como ele intimidou o querelante principal. 

Mesmo Harvey dizendo não ter emoções ele dá 1 milhão do seu próprio dinheiro só para que seus clientes não aceitassem o acordo baixo de Tanner. Só depois da ameça de usar isso no tribunal é que Tanner aceita fazer um acordo pagando 2 milhões para cada pessoa. Fiquei muito decepcionada porque estava esperando vê-los em ação no tribunal, mas isso nem chegou a acontecer. 


Mike (Patrick J. Adams) ajudou a pesquisar sobre a vida e carreira de Tanner, ficando até um pouco admirado. E apesar disso tudo ele ainda conaseguiu ajudar Rachel (Meghan Markle) a limpar seu nome. Alguém passou uma lista de testemunhas para uma firma concorrente. E Louis instigou os funcionários a revelar o culpado e em troca ganharia 10 mil dólares. 

Mike, mesmo não tendo absolutamente nada a ver com o caso, acabou envolvido na situação e foi responsável por acusar Rachel de ser a delatora. Obviamente, Mike não acreditou que ela fosse a traidora da empresa e fez de tudo para ajudar a moça.

Rachel sentiu-se extremamente magoada com as acusações, principalmente de Louis, pois ela foi uma ótima funcionária durante os cinco anos que trabalhou lá, e começou a questionar deveria continuar em um lugar que ninguém se preocupa com ela - o único que ligou para ela foi Mike. 


Então, além de mostrar a todos que Rachel não era culpada, Mike fez com que a pessoa responsável, Jimmy (Pooch HallPooch Hall), se entregasse. Ela não só conseguiu um aumento, como Louis concordou da empresa pagar quando ele decidir ir para faculdade. A cena final mostra que Rachel pode fazer o que quiser de Mike, já que ela mesma disse que se ele tivesse compromisso que cancelasse para ajudá-la a arrumar sua sala. 

Para encerrar o post gostaria de comentar o quanto eu adorei das menções feitas a Exterminador do Futuro, Battlerstar Galactica e Star Wars. Cada vez mais eu amo os dialogos entre Harvey e Mike, principalmente quando Mike disse que sabe que Harvey acha que ele são parecidos! E Donna mais uma vez roubou a cena, mesmo que fosse só para dizer a Harvey que Tanner estava ao telefone, quando ela disse "você sabe que eu escuto" eu morri de rir.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB