Glee: 2x03 " Grilled Cheesus " [Review]

6 de out de 2010


1ª Exibição EUA: 05/10/2010


Quando Glee decide fazer comédia eles são ótimos, mas quando eles mostram drama pode ter certeza que você vai chorar. Logo no começo temos uma das cenas “a La Finn” , na verdade este episodio foi centrado nele e em Kurt.


Finn faz um sanduiche conhecido nos States com grilled cheese, contudo acredita ver a imagem de Deus no lanche. Assim, ele começa a rezar para o sanduiche. Ele faz 3 pedidos como se fosse uma lâmpada dos desejos .

1º ele pede para ganhar o jogo com Artie, e ganha. Para agradecer ele pede ao professor Schue que o dever desta semana seja sobre músicas em tributo a Deus. Kurt não gosta muito, nem Rachel e Puck canta uma música judia.



2º ele pede para chegar à segunda base com Rachel. Ela ficou preocupada quando ele começou a falar de Deus por que ela quer que seus filhos sejam criadas judias, quando concorda ela deixa que ele toque seus seios.

3º ele pede pra voltar a ser quarterback. Sam se machuca e assim ele volta a ser quaterback, se sentindo culpado ele decide falar com Emma. Ele acredita que Sam ter se machucado por culpa dele por que ele rezou, mas ela diz que eles ganharam o primeiro jogo por causa da tática da treinadora, que Rachel deixou ele tocar seu seio por que eles estavam falando sobre sentimentos e que um cara forte que machucou Sam. Com isso ele se sente decepcionado e canta “Losing my religion”.


Do outro lado dessa história temos Kurt e seu pai, Burt Hummel. Essa foi a parte dramática que mencionei anteriormente. Kurt desde o episódio passado vem demonstrando certa rebeldia. Agora ele decide não participar do jantar de sexta, onde estariam Carol e Finn por ter um compromisso.

Depois disso Burt tem um infarto. Todos de Glee tentam mostrar seu apoio, Mercedes canta “I look to you” (foi aí que as lagrimas começaram!!). Kurt agradece e por fim revela que não acredita em Deus. Uma coisa que eu gostei que ele disse foi “Eu não acredito em Deus, do contrario ele é meio cretino, não? Me faz gay e faz seus seguidores andarem por aí dizendo que eu escolhi isso.” Somente ignorantes podem achar que ser gay é uma escolha da pessoa e não que ela nasceu assim!


A apresentação de Kurt com “I want to hold your hand” do Beatles foi magnífica!!! Eos flashbacks dele quando criança estão espetaculares.

Sue descobre o tipo de música que eles estão cantando e não aceita, como o diretor Figgins não faz nada ela convence Kurt a se queixar para que as crianças não cantem mais sobre religião. Sue fez isso por causa da irmã deficiente que tem, por causa de como as pessoas a tratavam. Mas a irmã dela diz que “Deus não comete erros”.

No final Kurt fala com o pais e este mexe a mão, a música que encerrou o episódio foi uma das minhas músicas favoritas: “One of us”.

Músicas cantadas:

"Only The Good Die Young" by Puck.
"I Look To You" by Mercedes.
"Papa Can You Hear Me" by Rachel.
"I Want To Hold Your Hand" by Kurt.
"Losing My Religion" by Finn.
"Bridge Over Troubled Waters" by Mercedes.
"One Of Us" by New Directions. 



Leia Também:



Glee 2x04 "Duets" [Review] 
Glee: 2x05 "The Rocky Horror Glee Show" [Review] 
Glee 2×06: "Never Been Kissed" [Review]
Glee 2x07: "The Substitute" [Review]

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB