Glee 1x18 - Laryngitis [Review]

12 de mai de 2010


1ª Exibição EUA: 11/05/2010
1ª Exibição Brasil: 11/08/2010

Puck raspa seu moicano e todo mundo o trata diferente.
A mãe de Puck estava lavando seu cabelo quando achou uma mancha e o levou ao medico, que raspou seu cabelo mais era só uma sarda.

Com isso os nerd´s que ele tanto aterrorizava se reuniram e o jogaram no lixo. Devo dizer que amei por que ele vivia jogando Kurt no lixo sem falar das bebidas que ele jogava na cara da Rachel. Para voltar a ser popular ele decidiu que namoraria Mercedes, que é popular agora, mas ela não gosta nada da ideia.

Rachel mostra todas as vitaminas que esta tomando por se sentir cansada e Will pergunta por que e ela diz que toda música que ela canta é um solo. Ela suspeitou que alguns dos alunos não estivessem cantando de verdade e assim grampeou o auditório e descobriu que metade do Glee só finge cantar: incluindo Finn e Quinn.

Will diz aos membros do clube o quanto esta decepcionado com eles. Finn diz que parou de cantar por que os solos estão indo para o Jesse (engraçado que nunca Kurt ou Puck fizeram isso quando Finn ganhava solos!). Will diz que a tarefa deles essa semana é encontrar uma música que melhor os representa e cada um deles vai cantar a sua.

Imagem: Conquistadores

Kurt ficou super empolgado dizendo que tinha uma música da Whitney Houston, contudo sua alegria acaba quando ele vê seu pai na escola vindo para buscar Finn para ir no jogo dos Reds.

Nas apresentações Rachel vai primeiro para cantar “The Climb” da Miley Cyrus. Ela diz que escolheu essa música, pois ela fala sobre superar obstáculos e que em seu caso os obstáculos são o resto do grupo. Quando ela canta parece um pouco desafinada e então............ percebemos que ela perdeu a voz !!!!!


Sue encontra Kurt no corredor e diz que não gostou dele ter faltado ao ensaio das Cheerios ontem, e ele diz que estava chateado, pois acha que esta perdeu o pai por causa de sua sexualidade. Ela pergunta se ele já beijou um garoto ou garota e ele diz que não, então ela diz que se ele nunca experimento como pode ter certeza que não gosta. A frase que eu achei mais engraçado foi: “Então você gosta de musicais, não significa que você é gay e sim que você é horrível”.

Ele muda toda sua roupa e se veste como o pai e ainda pega uma música da banda que ele mais gosta, Mellenchamp. Na verdade ele fez isso para se enturmar mais com o pai. Realmente não consigo imaginar como deve ser, eles gostam de coisas tão diferente que mesmo se amando muito eles ficam separados.

Finn vai com Rachel ao médico que diz que ela tem uma amigdalite grave, o médico quer que ela opere, mas ela diz que não. Ele dá alguns antibióticos para ela tomar para ver se a infecção melhora.

Imagem: blogserialfillers
Ela pergunta a opinião de Finn e ele diz que talvez ela devesse perguntar a seu namorado e ainda diz “ ah espere ele não esta aqui!” e ela o corrige dizendo que ele esta em San Diego em recesso com os amigos do Vocal Adrenaline. E Finn pergunta pra ela quando vai perceber que Jesse não gosta tanto dela quanto ele. Assim a música que Finn canta (para Rachel) é Jesse´s Girl, bem apropriada! Queria muito que Jesse estivesse nesse episódio para que tivesse um duelo musical!!!

Puck para impressionar Mercedes canta Lady Is A Tramp" do Frank Sinatra. Mercedes não gosta, mas no final acaba cedendo e ainda levanta para cantar com ele. Santana ao perceber o que esta acontecendo não gosta nada. Quinn a alerta sobre Santana.

A próxima música é "Rose's Turn" cantada pelo Kurt. Só pela letra a gente via que não tinha nada haver com ele, mas quem gostou foi a Brit que o chamou pra sair. Eles vão até a casa dele e se beijam, seu pai pega os dois e fica sem entender nada.

A trama de Puck com Mercedes e esta aceitando ficar com Puck por que ele nunca teve um cara que quis ficar com ela é ridículo. E o dueto/confronto entre ela e Santana me desagradou mais ainda. E é claro que Puck adorou, afinal que homem não gostaria de ser disputado por duas garotas?

Como Rachel fica reclamando e dizendo que se sua voz sua vida acabou, Finn a leva pra ver um amigo. Sean que ele conheceu em um acampamento de futebol. Mas em um jogo ele se machucou muito e ficou tetraplégico. Aí Rachel vê que perder a voz não é a pior coisa que pode lhe acontecer. Sean também gostava de cantar, mas nunca teve coragem de entrar em um grupo e depois do acidente foi isso que ele mais se arrependeu de não ter feito. Ele diz que descobriu outra coisa em que é bom: matemática.

Mercedes viu que não gostava de como se sentira nas Cheerios e por isso saiu. Isso foi obviamente uma lição de moral do tipo: “você não precisa se popular para se sentir bem ou ser feliz”. Bom para falar a verdade essa lição vem desde Quinn!

Burt vai à escola de Kurt novamente para buscar Finn por que ele pegou a bola o jogo e assim eles vão comer de graça. Kurt percebe que nada mudou e que o pai ainda gosta (mais?) de Finn e aí ele canta "Rose's Turn", um ótimo solo! Seu pai cancelou o jantar com Kurt e assiste a canção do filho. Kurt confessa que ver como é fácil o entrosamento entre o pai e Finn seu coração. Burt diz quer o filho do jeito que ele é. Uma cena muito emocionante de deixar qualquer um com o lencinho cheio de lágrimas. Dá pra ver por que criaram esse papel especialmente para ele!


Rachel vai visitar Sean e diz que se ele quiser ela pode lhe dar algumas aulas de canto... sua voz voltou finalmente! Eles cantam um pedacinho da música “One” do U2 e depois a cena volta para a escola onde todos do clube cantam juntos a música.

Foi um bom episódio, especialmente por que eu adoro como eles desenvolvem a história de Kurt. E Kurt hétero foi muito legal de se ver! Como já disse o único plot que não gostei foi o da Mercedes com o Puck. Ryan Murphy pelo jeito está experimentando todos os casais, gostei mais de Puck com Rachel!!!

O próximo episódio é o mais aguardado por mim, mais do que o episódio da Madonna, já que tem a participação especial de um dos meus atores favoritos, Neil Patrick Harris de How I Met Your Mother.

Músicas cantadas:

* "The Climb" - Miley Cyrus (Rachel)
* "Jessie's Girl" - Rick Springfield (Finn)
* "Lady Is A Tramp" - Frank Sinatra (Puck e Mercedes)
* "Pink Houses" - John Mellancamp (Kurt)
* "The Boy is Mine" - Monica & Brandy (Mercedes & Santana)
* "Rose's Turn" - Gypsy (Kurt)
* "One" - U2 (New Directions)





Leia Também:


Glee: 1x19 Dream On [Review]
Glee: 1x20 Theatricality [Review]
Glee: 1x21 Funk [Review]
Glee: 1x22 Journey [Season Finale]

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB