White Collar: 1x05 "The Portrait"

24 de mar de 2010


1ª Exibição Original: 20/11/2009
1ª Exibição Brasil: 02/09/2010

Este episódio trouxe mais questinamentos quanto à honestidade de Neal e também algo novo sobre Kate.

Um quadro valioso é roubado. Peter fica com medo de que Neal tenha uma “recaída” já que ele ama obras de artes.

Neal descobre que o coautor do roubo foi na verdade o tio de Jullian, a dona do quadro e o mais legal é que ele nem tem que mentir para conseguir informações. Acontece que ele devia dinheiro a Dorset e por isso eles forjaram o roubo para que ele ficasse com a quadro.

Neal e Peter têm a ajuda de Taryn, dona de uma galeria, para enganar Dorsett na compra do quadro. Contudo como sempre a FBI é tão incompetente que alguém sempre descobre que eles estão ali. Pelo menos eles jogaram a culpa no próprio Dorsett que acreditou e fugiu, enquanto que para manter o disfarce Peter algema Neal.


Taryn interpretada pela atriz Deanna Russo para quem não se lembra ela participou da série Knight Rider de 2008, mas que não durou muito (apenas 1 temporada), porém eu gostava de sua interpretação e neste episódio ela se saiu muito bem.

Voltando a história, Neal e Peter conhecem a namorada de Dorsett e saem com ela e sua amiga, Neal rouba o quadro, mas não diz nada há Peter, que no fundo sabe que ele roubou. Porém Dorsett consegue o número de Neal e diz que vai machucar Taryn se ele não tiver o quadro de volta. A cena mais engraçada/constrangedora doi a de Peter com as duas garotas, ele estava muito desconfortável e as duas se jogando pra cima dele! Também com o mulherão que tem em casa, ficar com essas duas seria muito baixo!

Neal diz que precisa de 2 dias, ele usou estes dois dias para criar uma cópia quase perfeita do quadro, pois um cara de uma galeria apareceu dizendo que o quadro pertencia a eles quando na verdade o pintor deu o quadro à avô de Julian porque ela era sua filha ilegítima. O curador sabia e ignorou este fato, mas Neal fez a cópia e o curador aceitou de boa vontade como se fosse a original. E o quadro original volta as mãos de Jullian.

No final temos um outro desenrolar. Neal, que seguiu o mapa na garrafa encontrou Kate. Ela ligou pra ele, mas estava por perto. Ela disse que precisa saber onde escondeu as coisas que roubou, pois o cara que esta com ela quer uma das coisas que ele pegou. Ela disse que esse é o único jeito dela poder voltar para casa, Neal se recusa a dizer. 

Achei muito estranho ainda mais porque ela estava aparentemente sozinha, sem correr nenhum perigo. A trama dela eu acho dispensável, agora os casos “White Collar” são bem básicos e fáceis de se resolver, não trazem tanto desafio e isso é um dos pontos negativos que mais afetam ao meu ver a série.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB