Glee: 1x04 Preggers [Review]

26 de set de 2009



1ª Exibição EUA: 23/09/2009
1ª Exibição Brasil: 25/11/2009


O episodio se inicia mostrando Kurt, Tina e Britney ensaiando a coreografia "Single Ladies (Put a Ring on It)" da Beyoncé. Muito legal não só porque ficou engraçado como também por que eles dançam super bem. Após um tempo, o trio acaba sendo pego pelo pai de Kurt que nota a roupa de malha estranha do filho enquanto Britney e Tina tentam acobertar o amigo dizendo que ele usa para treinar para o futebol. Kurt acaba mentindo dizendo que além de estar no futebol também está namorando Tina. Antes de sair do quarto seu pai pede para que ele não se esqueça de conseguir um ingresso para seu primeiro jogo.



Kendra e Will começa a fazer exercícios com Terri para prepara-la para o parto. Kendra diz a Will para massagear a barriga de Terri e esta não deixa e ainda pede uma coisa para comer para tira-lo da sala. E aí ela finalmente confessa que não está grávida de verdade e sim que teve uma gravidez histérica, mas que não tem coragem de contar a verdade para Will, temendo perdê-lo quando ele descobrir. Kendra então sugere que a irmã ache alguém que queira dar seu bebê a ela.


Emma conta a Will e Ken que agora Sue tem um segmento no Telejornal local chamado "Sue's Corner". Nesse momento ela aparece e humilha os três colegas dizendo que não quer passar a vida como fracassada trabalhando em uma escola se ela pode ser uma celebridade.

Enquanto isso no Clube Glee, Will e Rachel tem outra discussão quando Will dá o solo de "Westside Story" da música "Tonight" para Tina, contrariando Rachel que se acha perfeita para o solo já que ela conhece a personagem desde criança. Will acha que é legal dar uma oportunidade para Tina ter seu primeiro solo, mas Rachel acha injusto e sai revoltada do ensaio.

Kurt pede ajuda a Finn para entrar no time de futebol. Finn consegue que ele faça o teste, mas ele aparece com um roupinha apertada e uma fita vermelho no cabelo e ainda por cima para se aquecer ele colocar a música da Byonceé, a mesma que ele dança no começo do episodio. Todos começam a rir de sua cara, mas todos param surpresos quando ele consegue arremessar bem longe, isso impressiona Ken que o coloca como atacante.

Ainda querendo acabar com o clube Glee, Sue se une a Sandy para roubar Rachel deles, eles sabem que ela ficou muito chateada com a história de dar o solo para Tina, assim, eles criam um musical onde ela seria a estrela. Rachel faz um teste com a música "Taking Chances" de Celine Dion e acaba conseguindo o papel principal, o que não foi muito difícil.

Quinn revela a Finn que está grávida e que o filho é dele embora na verdade seja de Puck da única vez que dormiram juntos. Mas Finn é tão besta que acredita, o legal foi ver pela visão dele o que estava sentindo quando ficou sabendo que seria pai.

Finn procura Will para pedir ajuda para fazer com que seu time de futebol ganhe uma partida para que ele consiga uma bolsa de futebol para poder conseguir dinheiro para quando o bebê de Quinn nascer. Com a ajuda de Kurt também que acha que a melhor maneira de ganhar a partida é surpreendendo o time adversário, eles coreografam no meio do campo a coreografia de "Single Ladies" surpreendendo o outro time que acaba se distraindo sem notar que eles se preparavam para atacar, o que acontece quando Kurt marca o gol. Will conta a Terri sobre o bebê de Quinn e ela vai atrás dela para dizer que quer ficar com o bebê dela.

No final do episódio, cansado de esconder quem ele realmente é, Kurt acaba revelando ao pai que é gay e para a sua surpresa o pai já sabia e que não deixou de amá-lo por isso e que sente orgulho do filho da mesma forma. Muito comovente a cena, com o pai do Kurt apoiando a decisão do filho. Eu confesso que a princípio fiquei receosa da reação dele, mas a maneira como abordaram tudo foi perfeito, como a série tem feito desde a revelação de Kurt no episódio passado.

Com isso, o clube Glee acaba ganhando três novos membros: Noah Puckerman (Puck), Matt Rutherford e mike chang (o asiático). E com isso o clube já conta com 12 integrantes prontos para competirem na competição estadual. Rachel sai do grupo por Will insistir em dar o solo de "Tonight" para Tina, enquanto que Sue faz outro segmento no telejornal local.

"Não é fácil sair da sua zona de conforto. As pessoas vão te destruir. Vão dizer que você não deveria se importar para começo de conversa. Eles só estão querendo fazer barulho. Como você reage, é você que vai decidir." Sue Sylvester.

Eu selecionei essa frase do segmento da Sue porque achei muito legal. Ela pode ser uma pessoa horrível, mal caráter, mas seu personagem é fascinante. Mas não podemos deixar de encarar o fato que na maioria das vezes ela está certa. Ela fala a verdade sem medo das consequências e talvez esse seja um dos fatores dela ser tão adorada pelos fãs. Jane Lynch arrasa como sempre.

Um ótimo episódio, primeiro episódio centrado no Kurt. Eu gosto quando mostram episódios que não centrem exclusivamente em Rachel ou Finn, afinal de contas os outros personagens secundários também merecem uma chance. Eu ainda estou esperando por um solo só do Kurt, afinal ele arrasou em "Mr Cellophane".

Músicas cantadas neste episódio:

* "Taking Chances" - Celine Dion (Rachel)
* "Tonight" - West Side Story (Tina)



Leia Também:





Glee: 1x05 The Roads Not Taken [Review]
Glee: 1x06 Vitamin D [Review]
Glee: 1x07 Throwdown [Review]
Glee: 1x08 Mashup [Review]

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB