Voltando a ´´realidade `` por um segundo

6 de mar de 2009

Twilight é um bom livro ? Depende do seu estilo de livro. Eu amo ficção e historias de vampiros então eu gostei dos livros ( os 3 primeiros que têm no Brasil) , mas eu sou um ser pensante e não me deixo levar pela massa e nem sou poser!!!

Uma amiga minha me perguntou porque esses livros estavam fazendo tanto sucesso . E eu disse que devia ser não só pelo fato de ser uma historia de amor , mas também por ser diferente em relação a todas as outras historias de vampiros, já que a autora ´´viaja`` nesse sentido.

Contudo, eu vou postar a opinião que achei em um blog sobre os livros que eu achei bem legal , porque ele não diz simplesmete que odeia crepusculo , ele também explica porque não gosta. E do meu ponto de vista eu não tenho que concordar , mas sim entender , pois todos temos direito a uma opinião .


Vamos começar pelo que chama mais atenção, a princípio: ele não bebe sangue humano. Além de ser uma idéia GENIAL e NUNCA ANTES VISTA NA HISTÓRIA DA LITERATURA/CINEMA, Edward ainda se mostra um verdadeiro gentleman ao não dar nem uma beliscadinha no pescoço branquinho e lisinho de Bella dando sopa bem ali, em mais um grande exemplo de sua fibra moral e ética impecável.A autora provavelmente esqueceu do significado da palavra VAMPIRO, mas a gente perdoa, vai.
Além de todas essas qualidades, Edward Cullen ainda segue à risca o mantra "sexo só depois do casamento". Tanto é que ele esperou cem anos e quatro livros pra poder dar sua primeira bimbada, estabelecendo um novo recorde de Mais Tempo em Abstinência Sexual e quebrando a marca de quatro décadas outrora conseguida pel'O Virgem de 40 Anos.
A lenda clássica do vampiro diz que ele é suscetível a dezenas de coisas: desde estacas de madeira no coração a crucifixos e àgua benta. Claro que, com o passar dos anos, a história foi a gosto do autor, mas todos sempre mantinham no mínimo um dos itens acima como verdadeira forma de destruir os malditos. Já Edward Cullen é o primeiro vampiro de todos que simplesmente ignora todos os anos de mitologia e construção da lenda do vampiro e é imune a TODAS as formas de se destruir um descritas acima.

E ele ainda vai mais além: em contato com luz solar, ele não vira poeira, não se carboniza, nem fica ao menos levemente incomodado. Ele... BRILHA. Isso mesmo: BRILHA. Como um... diamante. Lembra daqueles gelocósmicos que vinham na Coca-Cola e brilhavam no escuro? Exato, Edward Cullen é uma espécie de gelocósmico às avessas. Agora você pergunta: "e se eu enfiar uma estaca no peito dele? Ele vira o quê, GLITTER?" Não, meu amiguinho. Não acontece absolutamente nada, afinal, a única forma de matar um vampiro, segundo Twilight, é mutilando todo seu corpo em partes pequenas e ateando fogo, caso contrário as partes vão se juntando, juntando até virar um vampiro inteiro de novo, que nem aquele vilão roxo do filme dos Power Rangers.
E o mais legal de tudo é quando ele tá lá, brilhando feito purpurina ao sol, diz: this is the skin of a killer.
The skin of a killer? Você levaria Charles Manson a sério se ele brilhasse feito diamante? Você levaria Mark Chapman a sério se ele brilhasse feito diamante? Você levaria o PUTO do LEATHERFACE a SÉRIO se ele BRILHASSE feito o CARALHO de um DIAMANTE?
Quando você se torna um vampiro, você morre. Isso é óbvio, fato consumado e de conhecimento geral da nação. E, uma vez morto, a única coisa que não te impede de definhar e ser mais um pedaço de carne putrefata no chão é a energia proveniente do sangue que você bebe, humano ou não. Ele faz com que você ande, fale, etc.

Mas isso não muda o fato de que você está MORTO; logo, seus órgãos não funcionam mais, seu sistema respiratório é simplesmente desnecessário, seu sistema circulatório bombeia apenas o sangue que é inoculado, o digestivo não ingere comida... a mesma coisa de aplica ao sistema reprodutor. Não importa quantas horas um vampiro se tranque no banheiro com uma edição de Busty Asian Beauties, que não vai sair nada senão, no MÁXIMO, pó. Não tem COMO sair alguma coisa, porque um corpo morto obviamente não produz porra nenhuma. Literalmente.

E, mesmo assim, ignorando todas as impossibilidades físicas, lógicas e fisiológicas da situação, Eddie (me sinto mais íntimo agora, véi) não só passa a vara na Bella no quarto livro (sim, demorou QUATRO livros), como eles também têm uma filha.
Pelo menos pra toda essa nova geração que vai crescer lendo e vendo Twilight, aquela imagem de vampiro como vilão da trama agora é passado. Vampiros agora são nada menos do que Zac Efron's com caninos grandinhos e que se alimentam de veadinhos na floresta ao invés do bom e velho sangue humano.
 
Me chamem de oldshool, saudosista, velho ou ultrapassado, mas eu preferia a época em que os vampiros ainda eram MACHOS.

 FONTE:http://que-diabos.blogspot.com/2008/12/top-7-motivos-pelos-quais-devemos.html?disqus_reply=6970993#comment-6970993


0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB