Entrevista com Kristen Bell

14 de nov de 2008



Em entrevista para o site AvClub.com, Kristen Bell falou o que acha de sua personagem em Heroes (Elle)e sua voz em Gossip Girl ( isso mesmo ela é a voz da GG), fala sobre os seriados, e nos conta como ela gostaria que se desenvolvesse os papéis dela em ambos os seriados.

Como você se sente em relação a como sua personagem está se desenvolvendo em Heroes?

Estou realmente satisfeita com o roteiro que eles escreveram para esse ano, quando cheguei à série parecia foi rápido e não tinha uma carga emocional, mas este ano eles mudaram isso radicalmente, eles escreveram flashbacks onde eu tenho contato com todos os personagens no passado. E você vê o quão importante Elle é para que os eventos aconteçam e eu tenho que trabalhar com muitas pessoas diferentes no seriado, o que para mim é super interesante e é muita sorte da minha parte, porque às vezes você tem cenas com apenas uma ou duas pessoas pela temporada inteira, às vezes você nem vê os outros atores. 

O seriado mostra a Elle de uma forma muito ambígua, não se sabe quem pode confiar nela. O que você pensa sobre ela?

Eu, particularmente, não confiaria nela. Mas tem uma parte nela que eu confiaria. Ela é problemática. Realmente problemática. Eu quero confiar nela, mas eu não acho que eu confie.

Você era uma fã de Heroes antes de participar do seriado. Como você se sente sobre as crítica de que o seriado está perdendo o seu caminho?

Eu acho que todos merecem um desconto pelo que aconteceu na greve dos roteiristas. Nada de bom pode vir quando você está desconcentrado. Mas eu acho que as pessoas estão dizendo isso porque ainda não vira a terceira temporada inteira! Esta temporada está realmente boa. Dá para se comparar com a primeira temporada, a primeira temporada de Heroes tem o nível da primeira temporada de Lost e 24 Horas, e foi isso que me trouxe para Heroes, foi isso que me fez querer fazer parte do seriado. A primeira temporada foi demais, e a segunda pode ter tido seus problemas, mas agora está ficando tudo ótimo de novo.

Você também está trabalhando em Gossip Girl, você vê seu trabalho como narradora sendo como um personagem completo?

Pra falar a verdade, não. Eu a vejo como a entidade da internet. É como se ela estivesse lendo o diário dela, como se eu ainda estivesse na escola. Esses sites chamam muita atenção, e ela é a voz de tudo de ruim que acontece.

Sites são do mal?

(Risos). Não todos, mas quando se envolve as conversas de seus amigos, e coisas pessoais...

Você estaria disposta a, de fato, interpretar a atriz, se os produtores decidissem que a Gossip Girl deve aparecer?
Com certeza! Eu faço qualquer coisa que Josh Schwartz queira que eu faça! Mas eu não vejo o seriado indo por esse caminho, eu não acho que a personagem seja feita para ser interpretada. Eu acho que é para ser exatamente o contrário da “voz da razão”, como normalmente o narrador é a voz da razão, ou consciência, ela é oposto disso.

Os personagens de Gossip Girl são aquelas pessoas riquinhas que faziam a vida de Veronica Mars tão difícil. Você acha que o seriado está promovendo uma idéia não muito saudável sobre popularidade e privilégios?

Pois é. Eu vejo que a série está promovendo que você precisa ser uma índividuo esperto, está promovendo bons valores, honestidade e sinceridade? Provavelmente não. Mas é um seriado ótimo de se assistir. As pessoas sonham em ter dinheiro, popularidade e serem as pessoas do seriado e é por isto que é interessante.
 
Fonte: isfree.tv

0 comentários:

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB